Scuola internazionale delle Arti e della Cultura italiana

O café da manhã típico italianoEsqueça o pão na chapa e a média. Aqui na Itália o café da manhã é bem diferente, a começar pela ausência do pão francês, tão tradicional em terras brasileiras. Em Florença, o dia começa com croissant/brioche e cappuccino ou, mais tradicional, com uma bela fatia de pão italiano com geleia (pane e marmellata). Tem também a opção mais leve, com frutas e iogurte ou com torradas e mel. Cada italiano toma café da manhã a seu modo, mas uma coisa é certa: essa é a refeição mais importante do dia!

Nada de brunchs intermináveis ou de pratos salgados carregados de gordura, como os ovos com bacon tradicionais nos Estados Unidos que, embora saborosos, não são muito saudáveis nem tão fáceis de digerir. Os italianos, assim como os brasileiros, gostam de tomar o café da manhã no bar. É um ritual em todos os aspectos: brioche em uma mão, jornal saído da prensa na outra, tudo regado a um cappuccino cremoso – verdadeiros apreciadores bebem sem açúcar, enquanto os mais gulosos adoçam com a boa e velha Nutella ou com cacau. E não podemos esquecer do café expresso, o revigorante matinal por excelência.

O café da manhã no bar é uma oportunidade para recuperar o ânimo e começar o dia com o pé direito, entre um bate-papo com um colega e aquela confidência ao barista. Se calhar de ser uma segunda-feira, com certeza a combinação "cappuccino e croissant" virá acompanhada por comentários precisos sobre a pelada do domingo e, claro, sobre o campeonato de futebol dos times oficiais.

Já quem prefere tomar café da manhã em casa normalmente segue na linha pão, manteiga e geleia (ou a variante de pão, manteiga e açúcar). O pão com óleo e sal ou a famosa bruschetta - ou "pan pomodorato" - é o lanche típico das vovós italianas, um verdadeiro elixir energético e doce, capaz de nos fazer enfrentar com bom humor o dia cheio de compromissos.

Para começar a manhã com frescor e vitaminas, os mais saudáveis não deixam de incluir no menu de bom dia uma fruta, suco de laranja (o espremido na hora é chamado de spremuta) ou iogurte. E, ainda, cereais e biscoitos com “caffellatte” ou torradas com mel, um adoçante natural com muitos nutrientes.

Se chegou até aqui, você deve ter entendido que o café da manhã italiano é principalmente doce. Os mais corajosos e menos tradicionais, no entanto, se permitem um tostex ou um salgado. E você, o que gosta de comer no café da manhã?

0
0
0
s2smodern
A Accademia Europe di Firenze é uma Escola Internacinal das Artes e da Cultura Italiana.
Fundada em 2005 como uma escola de língua italiana para estrangeiros, com o passar do tempo ampliou sua oferta e atualmente oferece cursos de cultura italiana, arte, musica e dança, Certificate Programs trienais de Voice & Opera, Drawing & Painting e Dance, Study Abroad Programs em colaboração com universidades americanas de prestígio, Summer e Winter Programs e Joint Academic Programs realizados com instituições universitárias de todo o mundo.
A combinação da experiência vivida na AEF e a qualidade dos professores, fazem da escola, com raízes na história e na cultura italiana, mas qualificada com padroes acadêmicos europeus, um ambiente internacional na cidade do Renascimento e da beleza.

   Cookie policy    Privacy policy