facebook twitter instagram linkdn blog

Se Florença fosse uma pessoa

Como explicar algo que você ama profundamente a outra pessoa, de um jeito que ela realmente entenda sua paixão? Muitas vezes, seja sua música favorita, o melhor local para se sentar e ler um livro ou a melhor vista para um pôr do sol... essas coisas intangíveis são difíceis de descrever. É ainda mais frustrante porque, sendo intangíveis, normalmente significam mais do que aquilo que podemos tocar.

Quando tive a oportunidade de descrever minhas experiências e impressões sobre Florença depois de quatro meses estudando no exterior, fiquei intimidado. Se eu já acho difícil descrever meu fim de semana para um amigo, imagine falar sobre a minha experiência de estudar fora para estranhos. No entanto, alguém me pediu recentemente para descrever Florença como se a cidade fosse uma pessoa. E eu gostei dessa visão alterada para descrever uma cidade. É difícil compreender uma cidade em sua totalidade, mas uma pessoa? Uma pessoa você pode imaginar na sua frente; elas estão na sua linha de visão, olho no olho. Você pode ouvir suas risadas, o modo como se vestem. É possível ter uma primeira impressão de uma pessoa muito rapidamente, e isso se encaixa melhor para uma postagem no blog. Então, imagine Florença como uma pessoa e, talvez, eu possa descrevê-la exatamente como eu a vejo.

O primeiro e mais imediato traço de caráter que eu vi em Florença foi o quão à vontade ela me fez sentir. Imagine um de seus familiares favoritos, aquele que você vê e logo sente uma onda de liberação de estresse depois de um longo dia de trabalho. Ela também poderia ser aquela amiga que você não vê há algum tempo, mas que te recebe de braços abertos toda vez que vocês se encontram. Nos Estados Unidos, moro em Nova Jersey, que, de carro, não fica longe de Nova York, Filadélfia e Washington D.C. Embora eu tenha passado algum tempo em todas essas cidades, nenhuma delas foi acolhedora quando cheguei. Eu nunca me senti confortável andando por suas ruas. Apesar de amar todas essas cidades, eu estou sempre pronto para ir embora quando a noite acaba. No entanto, a partir do momento em que eu pisei nas ruas de paralelepípedo de Florença, estabeleci uma conexão que ficou profundamente enraizada com a minha paixão imediata pela cidade. E esta paixão não desapareceu com o tempo, ao contrário, fortaleceu-se com a idade, assim como um bom vinho. Descobri que o conforto tem valor inestimável ao tornar o estudo no exterior uma experiência mais profunda. Como você pode realmente explorar e imergir em um lugar se não se sentir confortável lá?

Outro traço de caráter que identifiquei em Florença foi seu espírito de surpreender e doar. Florença é o tipo de pessoa que percebe quando você está chateado e com saudades de casa, ou animado e cheio de esperanças. Ela sabe quando você está realmente mergulhando na cultura florentina e quase que inevitavelmente irá te retribuir de maneiras que você jamais poderia esperar. Eu estive explorando Florença por um pouco mais de quatro meses e não há um dia em que eu não tenha recebido uma pequena surpresa ou descoberto algo novo sobre a cidade. Pode ter sido um pequeno café escondido nas ruelas, uma bela vista da paisagem toscana que aparece entre os becos, ou mesmo o encontro ao acaso com uma parada histórica ou uma “piazza” antiga. Florença, de alguma forma, sempre sabe quando você precisa de um pouco de surpresa para mudar o rumo das coisas, até quando nem você mesmo tem conhecimento disso. Ela certamente foi a cidade mais espontânea que eu já visitei em toda minha vida.

Eu poderia citar mais alguns traços de caráter óbvios de Florença, que talvez você espere encontrar: ela é boa cozinheira, é muito voltada para a família, aprecia a cultura. Acredito que você esperaria encontrar esses traços de caráter na maioria das cidades italianas. Mas um dos traços mais proeminentes de Florença, que realmente me surpreendeu, é a sua habilidade de ensinar mais sobre você mesmo do que você pode aprender sobre ela. Eu não a chamaria de terapeuta ou conselheira. Tampouco associaria essa capacidade à mágica natural e à aura que ela emite. A habilidade de Florença em deixar que você reflita sobre si mesmo vem dos momentos íntimos que você passa com ela. É nesses momentos que você dá um passo atrás e percebe que está vivendo em um lugar com mais história do que você poderia ler durante toda a sua vida. São estes os momentos em que você pode entender que os problemas que você julgava enormes e monstruosos são muito mais administráveis do que você poderia pensar. Quando você está em um lugar onde milhões de pessoas por milhares de anos também estiveram, é quando você se pergunta: “quem sou eu em comparação a todas as pessoas que estiveram neste mesmo local?”. Florença viveu muito e ela está disposta a ensinar tudo a você, se você estiver disposto a ouvir.

Eu não estou dizendo que você irá se divertir em Florença todos os segundos de todos os dias, isso é impossível. Haverá momentos em que ela irá desafiar você. Haverá momentos em que ela irá te passar uma rasteira. Haverá momentos em que ela te mostrará uma oportunidade, mas vai tirá-la de você antes que você possa agarrá-la. Ela não vai fazer isso por maldade, simplesmente faz parte da vida lutar para prosperar. Florença entende disso muito bem. Muito do crescimento que experienciei aqui veio dos momentos em que me senti desafiado. Esses momentos não excluem o fato de que Florença é primeiro e, acima de tudo, uma cidade acolhedora. Esses momentos mostram a você que Florença se preocupa o suficiente com você para deixar que caia e levante sozinho, para que você perceba que é capaz.

Este post é como aquela conversa em que seu amigo quer te apresentar um outro amigo e te fala sobre ele. A verdade é que, se você conhecer Florença, você saberá coisas sobre ela que eu nunca saberei. A relação de cada pessoa com Florença é diferente, mas os valores da cidade são sempre os mesmos. Se, e quando, você a conhecer, você será recebido de braços abertos e quando for embora, ela vai deixar claro que as portas estarão sempre abertas caso você precise dela. Todos os momentos intermediários serão experiências que você levará consigo e que irão te lembrar do porquê Florença é tão especial. Eu não posso ficar com Florença para sempre, apesar de querer. Em algum momento eu terei que me despedir dela. Então, quando você estiver à sua porta e vir seu sorriso caloroso, eu espero que você diga a ela que eu mandei um oi e que pedi que tome conta de você enquanto estiver com ela. Ela fez isso por mim e sei que fará por você também.

0
0
0
s2smodern
A Accademia Europe di Firenze é uma Escola Internacinal das Artes e da Cultura Italiana.
Fundada em 2005 como uma escola de língua italiana para estrangeiros, com o passar do tempo ampliou sua oferta e atualmente oferece cursos de cultura italiana, arte, musica e dança, Certificate Programs trienais de Voice & Opera, Drawing & Painting e Dance, Study Abroad Programs em colaboração com universidades americanas de prestígio, Summer e Winter Programs e Joint Academic Programs realizados com instituições universitárias de todo o mundo.
A combinação da experiência vivida na AEF e a qualidade dos professores, fazem da escola, com raízes na história e na cultura italiana, mas qualificada com padroes acadêmicos europeus, um ambiente internacional na cidade do Renascimento e da beleza.

   Cookie policy    Privacy policy