facebook twitter instagram linkdn blog

clet artista francês

Foto de La Repubblica Firenze

Viver em Florença significa estar constantemente circundado pela arte e pela beleza, mas seria reducionista pensar na capital toscana como uma simples arca do tesouro que guarda monumentos, obras e arquitetura de tempos já passados. É verdade: Florença é o berço do Renascimento e traz consigo séculos de história e de grandes tradições, mas a efervescência criativa que a anima desde sempre nunca se enfraqueceu. Um exemplo? Pense em Clet! Passeando pela nossa cidade, você seguramente vai dar de cara com alguma de suas muitas e irreverentes obras de arte urbana. Anacleto Abraham é um artista francês, florentino de coração, cuja especialidade é a reelaboração de maneira irônica dos sinais de trânsito, que ele reinterpreta com aplicações adesivas. Mas Clet não é um simples artista de rua. As suas obras são verdadeiras críticas irônicas aos limites da nossa sociedade: não é raro encontrar uma proibição de estacionamento transformada em um fantasioso aperto de mão ou um pictograma de uma câmera de vigilância assumir a forma de um abutre.
Homens estilizados que rompem acessos proibidos, flechas que se tornam guitarras elétricas ou pratos floridos: Clet é um revolucionário armado de papel e plástico adesivo e os seus sinais conseguem sempre deixar curiosos e tirar um sorriso dos passantes.  
Há mais de 20 anos na Itália, Abraham encontrou em Florença a cidade ideal e abriu seu ateliê em San Niccolò, um dos bairros mais interessantes da capital toscana, a poucos passos da Ponte alle Grazie. E exatamente no sopé dessa ponte, o artista bretão instalou uma escultura em fibra de vidro, “l’uomo comune” – o típico homem estilizado de Clet – que se aproxima do Arno com um pé suspenso sobre ele, enquanto admira a Ponte Vecchio: um perfeito exemplo de “public art”, ou seja, de arte acessível e apreciável por todos.
E é exatamente o contraste entre a modernidade e o minimalismo das representações de Clet e a grande tradição artística florentina que cria um vibrante curto-circuito criativo: um percurso estimulante em um contexto vivaz e em contínua evolução.
Seja você um amante do estilo clássico ou um inovador convicto, fazer arte em Florença é um privilégio que lhe aconselhamos a não renunciar.
0
0
0
s2sdefault
A Accademia Europe di Firenze é uma Escola Internacinal das Artes e da Cultura Italiana.
Fundada em 2005 como uma escola de língua italiana para estrangeiros, com o passar do tempo ampliou sua oferta e atualmente oferece cursos de cultura italiana, arte, musica e dança, Certificate Programs trienais de Voice & Opera, Drawing & Painting e Dance, Study Abroad Programs em colaboração com universidades americanas de prestígio, Summer e Winter Programs e Joint Academic Programs realizados com instituições universitárias de todo o mundo.
A combinação da experiência vivida na AEF e a qualidade dos professores, fazem da escola, com raízes na história e na cultura italiana, mas qualificada com padroes acadêmicos europeus, um ambiente internacional na cidade do Renascimento e da beleza.

   Cookie policy    Privacy policy